Peixes lindos, saudáveis e com garantia de vida! Na Kauar você encontra o Altolamprologus Calvus e tudo para o seu aquário. Visite nossa loja!
Product ID: 177
Product SKU: 177
New In stock />
Altolamprologus Calvus | Calvus Black | 2 a 4 cm

Altolamprologus Calvus | Calvus Black | 2 a 4 cm

Disponibilidade: Imediata Referência: KA777321
aguarde, carregando preço...
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Altolamprologus Calvus

Peixes de Aquário | Ciclídeos Africanos 

Peixes Ornamentais

 

Origem: África (Lago Tanganica)

 

Características: os ciclídeos africanos são peixes ornamentais de cores vibrantes, com características muito territorialistas e agressivas. São peixes que se movimentam bastante em seu aquário, justamente porque tentam demarcar seu território obstinadamente. Este é o caso do Altolamprologus Calvus, que  pode alcançar um tamanho médio entre 15 cm a 20 cm. Esse ciclídeo africano possui expectativa de vida entre 5 e 8 anos. 

 

Comportamento e coabitação com outras espécieso Altolamprologus Calvus é um peixe territorialista e bastante temperamental. Costuma viver em haréns e o ideal é manter 1 macho com 3 a 6 fêmeas  da espécie para auxiliar na boa convivência. É ideal também que os novos peixes sejam colocados no aquário simultaneamente, em grupo, para evitar que sejam agredidos por outros ciclídeos que já dominam o ambiente. Outros ciclídeos africanos originados do Lago Tanganica serão ótimos companheiros de aquário para o Altolamprologus Calvus. É muito importante que você escolha para convivência no mesmo habitat peixes ornamentais compatíveis para não transformar seu aquário em um ambiente de muito assédio, perseguições e brigas contantes. Isso estressa os animais, deixando-os mais suscetíveis a doenças e abatidos. É muito comum que peixes ornamentais sob estresse apresente, por exemplo, cores mais pálidas. 

 

Ambientação do aquário: as construções rochosas são muito apreciadas por esses peixes, que amam tocas, cavernas e esconderijos. Além disso, as tocas e esconderijos são importantes para a demarcação de território, além de servirem de abrigo e rota de fuga no momento de brigas e perseguições. A iluminação no seu aquário pode ser delicada, com lâmpadas brancas e azuis, que intensificam ainda mais a coloração dos Altolamprologus Calvus e são muito apreciadas por eles. Os ciclídeos africanos apreciam plantas, porém, para comê-las! Se você deseja ter um aquário densamente plantado, o Altolamprologus Calvus não é a melhor espécie. Mas você pode realizar seu sonho com outros pets, como os peixes ornamentais.

Conheça nossa linha de aquascape com lindas opções de botânicossubstratos e tocas para peixes para ornamentar seu aquário.    

 

Parâmetros da água:  mantenha a temperatura entre 23ºC a 28ºC e Ph entre 7.8 a 8.6. Confira nossa linha com produtos das melhores marcas para cuidados com a água.

 

Nutrição: no habitat natural, Altolamprologus Calvus alimenta-se de invertebrados e larvas de insetos. Em seu aquário, recomendamos que seja alimentado sempre com rações de boa qualidade. Confira nossa linha de rações e suplementos. Não recomendamos que sejam ministrados alimentos vivos ou crus aos peixes do seu aquário, porque podem ser fonte de parasitoses e verminoses. A menos que você tenho certeza da procedência, não utilize estes tipos de alimento. Prefira as rações que possuem ingredientes balanceados, vão suprir as necessidades nutricionais de seus peixes e são livres de qualquer tipo de patógeno. 

 

Reprodução:  a reprodução em cativeiro desse ciclídeo é bastante comum. No momento do acasalamento a fêmea libera os ovos e o macho os fecunda imediatamente. Em seguida, a fêmea recolhe os ovinhos com a boca, é a chamada incubação bucal, comum aos ciclídeos africanos. Durante o período de incubação, a fêmea do Altolamprologus Calvus intensificará sua coloração, sua agressividade e cessará sua alimentação. É importante observá-la atentamente durante esse período já que, enfraquecida, poderá ser alvo de ataques de outros peixes ou mesmo de doenças oportunistas.

 

Preparamos seu Altolamprologus Calvus para viagem com muito conhecimento e carinho 

Quando você compra um peixe ornamental, você está comprando um ser vivo. Para que ele possa chegar com saúde até você, a Kauar segue protocolos bem rígidos que garantem a sobrevivência dos animais ao  longo de todo o trânsito. Somos especialistas no preparo de transporte de animais para longas distâncias. Os peixes são selecionados e preparados para envio sempre sob a supervisão de nosso médico veterinário.

Todos os itens de nossa embalagem foram cuidadosamente escolhidos para garantir total segurança. Água e oxigênio são fornecidos na medida certa. Junto com seu peixe ornamental, você recebe também toda a documentação exigida pela legislação ambiental de nosso pais.E como medida de segurança e conforto extras, além da caixa de isopor, usamos também a de papelão. Você sabia que a caixa de isopor, embora mantenha a temperatura, deixa passar muita luminosidade? Por isso, colocamos a caixa de isopor dentro da caixa de papelão. Isso contribui para escurecer o ambiente interno onde os peixes passarão as próximas horas, ampliando o conforto e auxiliando na redução do estresse de transporte. Essa medida ajuda também a manter a temperatura interna, uma vez que o papelão é um excelente isolante térmico. 

 

Além de todos esses cuidados, trabalhamos apenas com transportadoras autorizadas para envio de cargas vivas. Isso significa, por exemplo, que você nunca receberá uma entrega de peixes Kauar pelos Correios, uma prática que é ilegal e expõe os animais a maus tratos (uma vez que o envio de organismos vivos pelos Correios é feita de forma clandestina, sem o conhecimento do próprio órgão). Enviar peixes ornamentais pelos Correios também expõe o cliente a riscos de multas pesadas e processo por crime ambiental. 

 

Como aclimatar peixes em seu aquário

 

Chegou a hora de aclimatar seu Altolamprologus Calvus. Existem várias formas de aclimatação, mas nós  recomendamos  que você siga as orientações abaixo:

1.Apague as luzes do ambiente e retire o saquinho plástico vedado da caixa.  Antes de iniciar o   processo de aclimatação, observe as condições do peixe dentro do saquinho. 

2.Coloque o saquinho ainda vedado em seu aquário quarentena para que seja feita a  aclimatação de temperatura. Aguarde de 15 a 20 minutos. O ideal é que a luz do aquário esteja apagada, ampliando o conforto do Altolamprologus Calvus Se você não tem um aquário quarentena, realize o  procedimento de aclimatação no aquário definitivo.

3.Depois de decorridos 15 minutos, retire o saquinho do aquário e corte a borda do plástico  abaixo da  vedação.  Mantenha o saquinho fora do aquário. Coloque cerca de 100 ml de água do aquário dentro do saquinho, repetindo o procedimento a  cada 5 minutos.  Quando o saquinho estiver cheio, jogue metade da água fora e repita o procedimento (adicione 100 ml de água aguardando 5 minutos entre uma adição e outra até  que o saquinho esteja cheio de novo).

4. Retire o peixe do saquinho com cuidado, preferencialmente,  com as  mãos,  e  coloque-o no aquário.

5. NÃO jogue a água do saquinho dentro do aquário.  Descarte-a em outro local.

6. O ideal é que o Altolamprologus Calvus fique por até 7 dias em quarentena. Correndo tudo bem, é só  transferi-lo para o aquário definitivo.


Porque é importante quarentenar seus peixes ornamentais também em casa?

Você deve estar se perguntando porque o ideal seria realizar a quarentena do Altolamprologus Calvus também em sua casa, já que seus peixes foram acompanhados por um médico veterinário e quarentenados na Kauar. A quarentena em casa sempre é importante, independentemente do local onde seus peixes foram comprados. 

Ela facilita que seu novo peixe se recupere mais rapidamente de condições adversas geradas por estresse de coleta e transporte. Situações estressantes, como você sabe, provocam uma queda temporária na imunidade de todos os animais, deixando-os mais suscetíveis a doenças oportunistas.  Isso também acontece com os peixes.

Essas doenças são chamadas de oportunistas pois são causadas por agentes que estão presentes no meio aquático ou no organismo do próprio peixe sem causarem, na maioria das vezes, nenhum malefício, manifestando-se somente em casos de baixa temporária da imunidade do animal.

Caso o Altolamprologus Calvus manifeste alguma dessas doenças, é bem melhor que ele esteja em um aquário quarentena.  Além de facilitar a recuperação, evita expô-lo, em um momento de fragilidade, a outros tipos de patógenos que possam estar presentes na água de seu aquário principal. 

 Também é importante lembrar que, passado o período de quarentena, seu novo peixe estará muito mais apto a entrar em contato com os peixes já habituados ao habitat  definitivo, enfrentando com total vitalidade a curiosidade e o assédio dos moradores mais antigos.

Além disso, a quarentena é um bom momento para que você acostume o Altolamprologus Calvus aos novos parâmetros da água e à nova rotina de alimentação. Tente reproduzir no aquário quarentena condições próximas às do seu aquário principal como temperatura, PH e exposição à luz.  Assim, a transição do seu pet do habitat temporário para o permanente será muito mais suave.    

 

Você sabe como montar um aquário quarentena (aquário hospital)? 

Por ser um aquário com função de habitat temporário, para montar o aquário quarentena, também chamado de aquário hospital, você não precisará utilizar nenhum tipo de substrato. O tamanho do aquário indicado para uma quarentena é de 40 a 70 litros, mas caso o peixe seja de maior porte, talvez você precise de um aquário de até 100 litros. Não é necessário que seu aquário quarentena permaneça sempre em funcionamento. Você poderá montá-lo até 3 dias antes do recebimento dos novos peixes em sua casa. Para os peixes de água doce, além do próprio aquário, você precisará de um  termostato, termômetro, um filtro (que pode ser um filtro simples de esponja, sendo esse indicado devido a praticidade de limpeza após o período de quarentena. Caso você prefira utilizar um filtro externo, lembre de retirar o carvão ativado, pois caso seja necessário a utilização de medicamentos terapêuticos, o carvão absorverá parte das bases farmacológicas, diminuindo assim a eficácia do tratamento) e uma luminária simples (essa deve ser ligada apenas quando o processo de aclimatação do animal estiver completo).

Para que o ambiente fique mais acolhedor, oferecendo opções de refúgio e rotas de fuga, inclua algumas tocas (podem ser tubos de PVC, já que no aquário quarentena não é necessária nenhuma preocupação estética, preocupe-se somente com o conforto e a facilidade de limpeza).  

É importante que você reproduza os parâmetros da água de origem no aquário quarentena e vá, gradativamente, alterando esses parâmetros até que estejam simulares ao de seu aquário principal. Aqui na Kauar os peixes de água doce são mantidos sempre no PH 6,5 a 7,5 e temperatura média 25ºC. Caso o habitat definitivo tenha um PH mais ácido ou mais alcalino, você poderá, durante a quarentena, regular esses parâmetro com uso de elementos acidificantes, alcalinizantes e tamponadores.  

 

Como mencionamos, não é aconselhamos o uso de nenhum substrato no aquário quarentena, uma vez que podem servir de abrigo para agentes microrganismos indesejáveis. Ao invés disso, é recomendado que, externamente, embaixo do aquário, seja colocado papel ou EVA branco, a fim de garantir a investigação de possíveis parasitas, caso eles se apresentem no fundo do aquário. O ideal é que seu novo pet permaneça até 7 dias no aquário quarentena antes de ir para o habitat definitivo.

 

Nós cuidamos dos seus peixes assim

Na Kauar, a gente leva nosso trabalho muito a sério. Agimos com muito respeito e empatia com os animais que estão sob nossos cuidados.  E com o Altolamprologus Calvus s que você está recebendo não foi diferente. Aqui não existe achismo. Temos processos padronizados, monitorados e constantemente auditados para garantir a saúde e segurança dos peixes. Nossos protocolos de atuação permitem um acompanhamento rigoroso, desde o recebimento dos animais em nossas instalações, manutenção dos tanques e tratamentos, até envio para a casa dos nossos clientes. Na prática isso significa que:

1. Não existe nenhum parâmetro que não esteja sob controle.  A qualidade da água é uma obsessão (isso mesmo, somos obcecados pela qualidade da água, porque sabemos que esse é o primeiro fundamento para garantir o bem estar dos animais que estão conosco e em breve chegarão à sua casa). Monitoramos rigorosamente os níveis de amônia, nitrito, nitrato, PH, temperatura e utilizamos processos a ozonização no tratamento da água de nossas instalações, o que garante um alto grau de pureza da água, livrando-a de agentes causadores de doenças nos peixes ornamentais. 

2. Não tratamos os peixes como um lote. Cada indivíduo é único e ao chegarem até nós uma das primeiras ações que tomamos é observá-los atentamente e colocá-los em quarentena. Identificamos os indivíduos que manifestam algum tipo de comportamento indicador de doenças ou estresse.  Realizamos exames clínicos e laboratoriais (sim, temos um laboratório aqui na Kauar) para identificar possíveis doenças de origem fúngica, viral, bacteriana ou parasitológica e, claro, tratá-las.

3. Nosso controle sanitário é implacável. A higiene com a manipulação dos utensílios e manejo dos peixes ornamentais estão sob regras descritas e sempre cumpridas por todos da equipe. Somos meticulosos e, por isso, evitamos contaminações desnecessárias em nosso sistema ou a propagação de patógenos no meio ambiente, garantindo o bem estar e a segurança dos animais, da nossa equipe e da comunidade. 

4. Nossos peixes recebem uma nutrição equilibrada, respeitando a fase de desenvolvimento de cada espécie. Escolhemos rações indicadas para cada etapa de vida e não ministramos alimentos vivos, (exceto artêmias) para evitar a contaminação por patógenos.

 

5. Aqui na Kauar temos o cuidado de escolher para convivência no mesmo aquário somente as espécies mais compatíveis, que convivem em harmonia de acordo com seu nível de passividade, agressividade, tamanho e agilidade. Assim, o Altolamprologus Calvus que chegou até você recebeu cuidados que garantiram o mínimo de fatores geradores de estresse ao longo de toda a sua jornada. 

 

Atenção à nossa Política de Não devolução de Peixes Ornamentais

Quando você compra um peixe ornamental, você está comprando um ser vivo e seguimos protocolos rigorosos para garantir o envio a longas distâncias com segurança. Reproduzir as mesmas condições de envio é praticamente impossível, por isso, a Kauar adota a política de não devolução para organismos vivos.

Se algo ocorreu e o deixou tão chateado a ponto de querer devolver seu peixe, seja o Altolamprologus Calvus ou qualquer outro peixe comercializado por nós, o conselho que damos a você é: permaneça calmo.  Entre em contato com a gente imediatamente, estamos sempre abertos a ouvir e ajudar nossos clientes. 

 

Trabalhamos muito para fazer valer toda a confiança que você depositou em nós e nesse momento não será diferente. Juntos encontraremos uma solução, pode ter certeza! 

 

Se você chegou até aqui é porque é um apaixonado por aquarismo, assim como nós. Confira nossa linha de produtos de lifestyle para que você leve essa paixão com você em todos os lugares.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Acreditamos que a chegada de um novo peixe ou coral à sua casa deva ser sempre sinônimo de alegria. Por isso, tomamos muito cuidado ao prepará-lo para jornada. Na Kauar, trabalhamos para que mortes não ocorram. Comercializamos apenas organismos sadios, capazes de resistirem às condições de estresse de coleta e transporte e aptos a se recuperarem rapidamente no novo habitat.  Nossa equipe possui muita experiência no manejo e tratamento de animais. 

Mas, sempre é importante lembrar: os pets são indivíduos únicos e podem ocorrer exceções. Além disso, embora não seja comum, danos à embalagem e transporte também podem ocorrer. 

 

Aqui, vale um aviso importante: nunca se recuse a receber uma entrega de peixes ou corais, mesmo se a embalagem tiver sido danificada durante o transporte. Os danos podem ser superficiais e os animais que você comprou podem estar vivos no interior da embalagem. 

 

Como funciona nossa Política de Garantia de Vida 

Caso seu peixe ou coral chegue morto ou machucado,  por favor, não rompa o lacre do saco plástico. Tire uma fotografia ou faça um vídeo do animal ainda dentro do saco lacrado, deixando bem evidente a integridade do clip de vedação. Esse registro é essencial para que você possa solicitar a Garantia de Vida. 

Envie o vídeo e/ou fotografia no mesmo dia do recebimento do animal. O envio dos arquivos poderá ser feito por e-mail (contato@kauar.com.br) ou por Whats App (31-99629-3764).

Conte pra gente o que aconteceu,  quanto mais informações, melhor.  Sabemos que uma situação como essa chateia bastante e é muito frustrante, por isso, entraremos em contato imediatamente após sermos informados.  O importante é que você saiba que vamos ajudá-lo, estamos aqui para isso.